domingo, 10 de setembro de 2017

Toronto - minha primeira casa

Eu tinha 13 kgs a menos
11 anos a menos
Crises a toa...
Não precisava passar maquiagem
As olheiras eram aceitáveis
Não tinha ressaca que me segurasse
As amigas eram as mesmas
O marido era ex, mas era de outro jeito
O cabelo era bem comprido...

Mas daí eu fui mudando, engordando, amadurecendo, envelhecendo... e minha realidade foi alterando, até chegar onde estamos hoje.

E quando eu fui embora, eu escrevi isso:

Estou deixando esse país hj...
Infelizmente! Não tenho nenhum arrependimento, nem mesmo nenhuma vontade reprimida!!
Fiz td q eu queria, fiz td q eu deveria, vivi! Aprendi, ensinei! Cantei! E quaaaanto cantei!
E to levando pra vcs :D
Ontem sai da casa do Mauricio depois do jantar... virei em direção a Bloor... virei pra esquerda... cheguei no meu predio... meeeu predio, miiiinha primeira e ultima casa aqui! Abri a porta... nao tava certo isso! Voltei pra rua... fui andando ate a Dufferin... quantas vezes eu nao fiz aquele caminho! Indo pro Bola atrasada!!! hahahahaha com o violão nas costas! Ou voltando de alguma baladinha! Sozinha, com a galera, tanto faz! Comecei a chorar! Não de tristeza, nem de felicidade, só chorar... a neve caindo... -3 graus, um frio do caramba! E as lágrimas congelando ahahahah que demais!....

Não sei se eu posso dizer a receita pra ser feliz mas... se eu tivesse que dizer a alguém, eu diria assim:

Esqueça quem vc acha q eh e comece a pensar em quem vc eh realmente!
Aceite todos os convites que te fizerem, vc nunca sabe o que poderá encontrar pela frente!
Se não ta bom?! Vire as costas e vai procurar outra coisa, as vezes a noite perdida eh mais culpa nossa do que dos outros ou dos lugares!
Converse com todo mundo! Até com aquele louco que apareceu... vc nunca sabe que pessoa maravilhosa pode estar escondida por trás...
Va na casa dos seus novos amigos!!
Seja curioso, faca perguntas!
Responda as perguntas que te fazem, sem pudor... suas respostas podem revelar mais pra vc do q pra quem perguntou!
Olhe nos olhos, peca ajuda quando precisar...
Abrace e beije muito as pessoas que vc gosta!
Diga a elas o quanto vc gosta delas, o quanto elas são especiais! Vc vai ver que vai passar a receber mais elogios ainda!
Sorria sempre!! Mesmo que o humor esteja beeem diferente! Pode muda-lo a qq hora...
Vá nos restaurantes esquisitos, coma comidas diferentes, engorde sem medoooo!! (Isso eu fiz bem)
Va na conveniencia comprar cartao e ligue pros seus pais ou amigos queridoooos!
Encha a cara de chocolate!
Ande de onibus depois da 1h30... vc vai ver cada maluco que aparece!! hahahahahahaha
E ande de graca q eh mais divertidoooo! hahahaahahahahahah
Arranje apelidos carinhosos! Conte do seu dia!
Aprenda a ficar quieto quando necessário!
Saia da rotina!
VIVA!
SEJA FELIZ!
Eu sou! ;)


Toronto me fez assim! Foi lindo estar em Toronto outra vez... em outra sintonia, outros tempos.

Ainda acho que é meu lugar preferido no mundo. Ainda acho que nunca vou morar lá... mas aprendi que nada que 7 horinhas e uns 700 € não resolvam! Nunca me senti tão próxima do meu passado, e tão orgulhosa do que me tornei depois de tudo isso!

E obrigada aos meus amigos que me receberam, e aos que me acompanharam... :)












 





EU VOLTO LOGO! 

E não tem jeito, é amor por este lugar

Deve Ser Amor - Kid Abelha


Não fosse amor, não haveria planos
Como uma onda quebraria cedo
Fosse um momento, não faria estragos
Eu não estaria no chão, não, não

Não fosse amor, não causaria medo
Feito um brinquedo cansaria logo
Fosse ilusão não traria tanta saudade
E eu não choraria no chão, então

Deve ser amor, deve ser, então
Deve ser amor, deve ser, amor.

Não fosse amor, não duraria tanto
A chama de um Banho-Maria brando
Fosse passado não passaria corrente
E eu não chamaria de amor, eu não
Deve ser amor, deve ser, então
Deve ser amor, deve ser, amor

domingo, 23 de julho de 2017

Esse é o meu mundo




Cheguei no escritório, fiz um follow-up com a equipe, era pra durar 30 minutos mas durou 1h30. Foi proveitoso. Apresentei o departamento, projetos e procedimentos pro espanhol que vive na China e acabou de assinar um contrato conosco. Fui comer, voltei e lembrei de outra reunião, ainda bem que durou só meia hora. Entrei num táxi, fui pro aeroporto, cheguei em Bruxelas, fui pro hotel, fiquei com preguiça, comi dentro do quarto mesmo enquanto via as notícias... da Espanha!

Encontrei a equipe, pegamos um carro, atravessamos a fronteira até Holanda, participei do teste de 1 tonelada do fertilizante Powered by Humifirst. Deu certo! Foi foda... almoçamos entre belgas, holandeses e a brasileira, rolou cerveja Belga. O belga ficou contente e mandou ver no vinho, tive que dirigir de volta, peguei engarrafamento, quase não chego mas chego, entro no avião, uma criança grita, chego em Madrid sem conseguir trabalhar nem cochilar e o livro é chato. O taxista curte Heroes del Silencio... e eu digo que também e então ele fica me contando várias coisas sobre a banda.

Estou sem o carro, que está no campo com clientes da Índia. Um dos meus oompa loompas passa me buscar, vamos rindo, falo mal do cabelo de uma pessoa na rua... sou malvada. Tem reunião com o chefe, estamos meio tensos, rola voz alta, é normal. Todos se assustam, pero no pasa nada. Outra reunião, agora com outro meu outro oompa loompa. Apresentação sobre ROS e estresse oxidativo... estou entediada! O chefe gosta, eu estou pensando em como sou mais gerencial que técnica. Almoço, tento sentar na minha mesa, não consigo, outra reunião agora, de lançamento da nova gama foliar, finalmente. Marketing está contente, e eu fico também - vamos a eso! Era pra ir na academia mas deu preguiça, como sempre.

Ainda sem carro, peço pro chefe do chefe ir me buscar, ele mora perto. Falar português logo cedo é difícil, pareço uma retardada mental. Sento pra finalizar uns detalhes da ISO e o auditor me chama. Olha, seu auditor, eu trabalho direitinho! E ele concorda. Tenho que ir no dentista, chego no horário, ela fala o que eu acho que ela vai falar. Custa o que eu acho que vai custar. Animada pra começar depois do verão! Aparelho de novo... é a vida, são meus dentes. Vejo os vôos pra Miami para Novembro. Tem Happy Hour na casa do Esbirro, a casa é linda, tem terraza, rola churrasco sem sal. Colegas, chefes, cachorro do colega, que divertido é isso.

Hoje já estou com o carro e consigo sair com a calma do meu silêncio enquanto escuto Rock FM - El pirata y su banda, dos melhores programas de rádio que já escutei na vida. Adoro. Reunião com os clientes da Índia, falam de culturas tropicais e diferentes doses dos produtos. Eu concordo... ganho chá mas tem canela, passo pra frente. Mais reunião com o chefe, mais tensão, mas tá tudo OK. Os móveis não chegaram, o computador da terceira Oompa Loompa sim chegou, mas ela ainda não - chega amanhã. Apresento todo o meu repertório de fosfitos para o colega espanhol-chino, deveria ter saído as 15h00 mas nunca saio. Chego em casa, bodinho com a Teté e Netflix... tem Los Franklin no Honky Tonk mas eu tô com preguiça. Faço um projeto pessoal na minha cabeça e sigo filosofando pela noite.

Amanhã tenho que ir na Mary Kay, comprar um sofá, esperar a Oompa Loompa chegar e tem jantar com os Tugas! E hoje é domingo, estou escrevendo este texto... pra depois revisar os textos do BLPM. E meu sofá novo chegou!

Se isso fosse propaganda da Nextel eu diria... ESSA É A MINHA VIDA, ESSE É O MEU MUNDO!

Heroes del Silencio é legal mesmo!